África Eco race 2019 -Etapa 9

Outro dia magnífico

Pelo segundo dia desde o início da ÁFRICA ECO RACE 2019, a caravana do rally não se deslocou, pois competição desenrolou-se num circuito de 375 km à volta de Chinguetti, patrimônio mundial da UNESCO, localizada aproximadamente a 60 km do acampamento de Amodjar Um dia difícil para os competidores, já que a navegação foi um desafio.

PRIMEIRA VITÓRIA PARA JENSEN.
Felix JENSEN tem 27 anos e é norueguês. Ele é o aluno e parceiro de equipe da Pal Anders ULLEVALSETER, apareceu no rally em 2018 na AFRICA ECO RACE e terminou em 4º. Hoje, um waypoint oculto foi desafiador para todos os pilotos. De fato, o WPM só apareceu no GPS quando estava em uma faixa de 500 metros. E como todos os líderes seguiram o caminho errado, eles levaram algum tempo para ultrapassar a passagem correta. Felix Jensen foi o primeiro a validar este WPM e, a bordo de sua KTM, logicamente vence a primeira etapa especial de sua jovem carreira. O norueguês bate Patrice CARILLON, primeiro piloto francês do dia e sua KTM por 1’05 ”. Simone AGAZZI, com sua HONDA, uma das favoritas da corrida, termina em 3º, aos 2’08 ”, em frente ao Pal Anders ULLEVALSETER, aos 3’44 ”.

GERARD E DELACOUR UMA VEZ MAIS NO TOPO DA LISTA
O sentimento compartilhado de todos os competidores hoje foi a beleza do cenário desta fase, que foi mais fácil do que o previsto para a maioria. De fato, a areia era cooperativa e as cordas das dunas eram relativamente bem manobradas. Nestas condições, David GERARD e Pascal DELACOUR assinaram o melhor tempo da categoria auto com o seu OPTIMUS. Os franceses estão à frente da equipe de “Fous du Volant”, Philippe Gosselin e David Bonon, que dedicaram este sucesso a seus amigos Dominique LAURE e Christophe CRESPO, fora da corrida há dois dias. Patrick MARTIN e Didier BIGOT são os terceiros no seu TAREK.

BOUWENS PÕE EM UM SHOW NA CATEGORIA DE CAMINHÃO
Depois de quebrar em sua IVECO ontem, Igor BOUWENS, Tom DE LEUW e Ulrich BOERBOOM tiveram que recuperar o atraso hoje. Missão cumprida para a equipe da Bélgica que marcou a 2ª vez na categoria auto / caminhão, 2’31 ” de David GERARD. Mais importante, eles estão à frente do TATRA de Tomas TOMECEK por 32’34 ” e Elisabete JACINTO, Jose MARQUES e MAN de Marco COCHINHO por 35’46 ”. Os portugueses mantêm, no entanto, a sua vantagem no ranking geral com mais de duas horas de Noël ESSERS, Marc LAUWERS, Johan COONINX no seu MAN e Johan ELFRINK & Dirk SCHUTTEL no seu MERCEDES.

Hoje, a caravana sairá da região de Adrar para se juntar a Akjoujt, parada habitual no ÁFRICA ECO. Em 2018, foi a última etapa especial da Mauritânia e a mais difícil da 10ª edição. Embora a área seletiva de 472 quilômetros tenha mudado e dois terços da pista tenham sido renovados, o dia ainda será muito desafiante.

 

Visite-nos também em TTVerde.PT
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
PINTEREST