África Eco Race 2019 – Etapa 7

Mauritânia, o desafio de sempre!

Após um dia agitado devido ao acidente dos dois buggys OPTIMUS à chegada da especial, a atmosfera voltou ao normal e concentrou-se na corrida. Felizmente, porque a etapa de 507 quilômetros em direção a Amodjar é conhecida por ser extremamente desafiadora.

Os dias passam e parecem iguais para os dois primeiros da corrida de motos, Pal Anders ULLEVALSETER e Alessandro BOTTURI.   O mesmo cenário para Felix JENSEN que tentou competir com Simone AGAZZI. Novamente, o italiano resistiu, mas no entanto a diferença de tempo é mínima, pois a AGAZZI termina em 5’15 ” de BOTTURI e JENSEN em 7’34 ”.

Quando olhamos para o top 10 da categoria de automóveis hoje, podemos dizer que esta segunda etapa especial mauritana mudou completamente a cena do ranking até hoje, com 6 novas equipes fazendo o seu caminho até o momento. O o vencedor, Yves FROMONT e Pal VIDAL que lideram com seu Tarek, mesmo com um pequeno incidente e 20 minutos perdidos. Os franceses ganham o primeiro lugar e estão à frente do OPTIMUS dos compatriotas Philippe GOSSELIN e David BONON por 4’15 ”, bem como Jean-Pierre STRUGO & Francois BORSOTTO por 7’01 ”.   No classificação geral, o OPTIMUS de Jean Pierre STRUGO está colocado à frente dos dois TAREK’s de Yves FROMONT e Patrick MARTIN, separados por apenas quinze minutos aproximadamente. Quando conhecemos as pistas que os aguardam para sair da Mauritânia, sabemos que a corrida está longe de estar terminada.

Desde o início da ÁFRICA ECORACE 2019, Nöel ESSERS, Marc LAUWERS e Johan COONINX apresentam desempenho regular todos os dias e essa é a razão de seu 2º lugar na categoria de caminhões.

Esta equipa belga mostrou mais uma vez a sua força e venceu a etapa especial, um pouco mais de 10 minutos à frente de Elisabete JACINTO, José MARQUES e Marco COCHINHO, líderes do ranking geral dos camiões, apesar de terem ajudado Patrick MARTIN num ligeiro incidente. Um grande desempenho para este homem de 70 anos, chefe de uma das maiores empresas de transporte da Europa. O pódio do dia é completado por Tomas TOMECEK, que tem mérito acrescido por estar sozinho no seu TATRA. Na geral, Elisabete JACINTO continua é líder, na frente de Nöel ESSERS e da equipe holandesa de Aad VAN VELSEN, Marco SIEMONS e Harry OOSTING em seu GINAF.

Hoje, quinta-feira 10 de janeiro, o segundo circuito aguardaos competidores com partida e chegada em Chingetti e uma etapa especial de 375 quilômetros para correr. A mais bela das etapas do Africa Race, com mais de 100 km de travessia das mais magníficas dunas da Mauritânia.

 

Visite-nos também em TTVerde.PT
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube