Campeonato ABB FIA de Fórmula E

DS Techeetah a postos para a estreia em competição do DS E-Tense FE19

A quinta temporada do Campeonato ABB FIA de Fórmula E vai arrancar este sábado, 15 de dezembro, na Arábia Saudita. Com 22 carros de nova geração (“Gen2”), novas pistas, novas regras e novos pilotos, o campeonato de monolugares elétricos promete encantar os fãs de todo o mundo.

   

Os pilotos da DS TECHETAH – André Lotterer e Jean-Éric Vergne, o Campeão em título da Fórmula E – regressam às pistas com o novo DS E-TENSE FE19 para a temporada 2018/2019, que se inicia nos 2,5 km do circuito citadino de Ad Diriyah, estreando um novo formato de corrida, com 45 minutos de duração mais uma volta.

Conceito exclusivo de participação dos fãs na Fórmula E, o “FanBoost” também está de regresso mas com novas regras, passando agora a ser 5 os pilotos (Top 5) beneficiados com os resultados da votação do público, mais dois pilotos do que nas temporadas anteriores. Os fãs podem, a partir de agora, votar no seu piloto preferido até que estejam cumpridos 15 minutos de corrida, e assim reforçar o seu envolvimento direto no campeonato.

Quanto ao DS E-TENSE FE19 da é integralmente construído pela DS Automobiles, na nova fábrica da equipa em Versailles, nos arredores de Paris. A DS Automobiles desenvolveu também o seu próprio sistema de travagem by-wire, sendo um dos poucos construtores do Campeonato a fazê-lo de forma a concretizar uma vantagem competitiva. O novo DS E-TENSE FE19 tem uma potência de 338 cv e pode acelerar dos 0 a 100 km/h em 2,8 segundos. Possui ainda uma bateria de maior capacidade, com 52 kWh, com autonomia suficiente para completar uma corrida inteira, dispensando assim, a necessidade de trocar de carro a meio da prova.

Outra das inovações introduzidas no Campeonato é o denominado “Attack Mode”, que vem proporcionar à modalidade novos desafios e mais emoções em pista. Quando ativada, a nova funcionalidade aumenta temporariamente o nível de potência de 200 kW (“Race Mode”) para os 225 kW. Assim, durante um curto período de tempo, os pilotos dispõem de um suplemento de potência que podem utilizar para ultrapassar e criar novas estratégias em pista, o que irá enriquecer a dinâmica das corridas. Para poder ativar o “Attack Mode”, o piloto tem de entrar numa zona de ativação específica da pista. O número de ativações e o período de utilização será determinado pela FIA para cada corrida.

Jean-Éric Vergne #25: “Para quem já está nesta competição praticamente desde o início, tenho vindo a observar a forma como a Fórmula E evoluiu, não só na performance dos carros, mas também na implementação de novas ideias que incentivam o nível de competitividade, como é o caso do novo ‘Attack Mode’. Da nossa parte, como pilotos, queremos competir da forma mais eficaz possível, e é isso que o público espera sempre de nós.”

André Lotterer #36: “A Fórmula E deu um grande passo em frente no ano passado, sendo uma enorme satisfação fazer parte de uma modalidade que continua a evoluir e a reinventar-se continuamente. Preparámo-nos afincadamente em função das novidades introduzidas no campeonato e a espera finalmente acabou: vamos começar a correr! Vai ser muito interessante assistir ao desenrolar da primeira corrida, sendo certo que vamos ter algumas surpresas.”

Fonte:
Jorge Magalhães

Visite-nos também em TTVerde.PT
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube